PROGRAMAÇÃO

 

cartaz por Lila Cruz

ENTRADA GRATUITA
Sessões diárias às 17h e 19h
A Mostra “Cine Feminista” acontecerá em Salvador de 10 a 17 de março, em sessões diárias às 17h e 19h, na Sala Alexandre Robatto
(Biblioteca dos Barris). A mostra tem por objetivo trazer, através do cinema, o feminismo de volta à cena durante o mês de março,
período  no qual estamos  acostumadas a receber flores e  celebrar  nossas “conquistas”, como se  as lutas feministas já tivessem
atingido todos os seus  objetivos. A entrada é gratuita.

Dia 10 (quinta-feira):

Libertárias (Libertarias)

Em 18 de julho de 1936 o exército espanhol se rebela contra o Governo da República. Seis mulheres de origens e classes sociais diferentes se
organizam em um grupo de anarquistas para lutar, de igual para igual com os homens, contra as tropas nacionais. Uma freira que descobre a
solidariedade fora da fé, prostitutas, operárias e donas de casa, unidas para defender seus ideais políticos e, ao mesmo tempo, fazer entender a
seus companheiros as mudanças ideológicas e sociais pelas quais elas também almejam conquistar.
Diretor: Vicente Aranda / Duração: 121 minutos / Ano de Lançamento: 1996 / País de Origem: Espanha, Itália, Bélgica

Dia 11 (sexta-feira):

Virgina (Virdzina)

Nas montanhas de uma aldeia remota, nasce uma menina e seu pai aponta o rifle à sua cabeça pronto para matá-la. Um filme emocionante

sobre os costumes misóginos dos camponeses do século XIX na Iugoslávia. Naquele tempo, uma família com meninas e nenhum menino era

considerada amaldiçoada por Deus e se tornava socialmente desprezada.

Diretor: Srdjan Karanovic / País de Origem:  Iugoslávia / Gênero:  Drama / Tempo de Duração: 101 minutos / Ano de Lançamento:  1991

 

Dia 12 (sábado):

Moolaadé

Em um distante povoado africano, ligado apenas pelo rádio, o costume da mutilação genital feminina (a circuncisão) é temida por todas as garotas.
Seis delas, segundo a tradição, devem passar pelo ritual num determinado dia. Este é um dos passos para que elas conquistem um ótimo pretendente
e tenham um casamento bem sucedido. O pavor é tanto que duas afogam-se num poço. As outras quatro buscam a proteção de Collé, uma mulher
que não permitiu que sua filha fosse mutilada, invocando o “moolaadé” (proteção sagrada). O fato gera comoção e ganha adesão de mulheres e
simpatizantes contrários à mutilação.
Roteiro e Direção: Ousmane Sembene / Origem: Senegal, França, Burkina Faso, Camarões, Marrocos e Tunísia / Duração: 119 min /
Idioma: Bambara/Francês / Ano: 2004

Dia 13 (domingo):

Tirando o Véu (Unveiled)

Filme conta a história de uma fugitiva lésbica iraniana que tenta refúgio na Alemanha, mas com o pedido de asilo negado, ela passa a viver, trabalhar
e amar ilegalmente.
Gênero: Drama / Duração: 1h:35m / Produção: Alemanha, Áustria / Direção: Angelina Maccarone / Elenco: Jasmin Tabatabai, Navíd
Akhavan, Bernd Tauber, Majid Farahat, Georg Friedrich.

Dia 14 (segunda-feira):

Um Tiro para Andy Warhol (I shot Andy Warhol)

Nos anos 60, a radical feminista Valerie Solanas divulgou seu desprezo pelos homens através do seu Manifesto “Associação de Destruição
do Homem”.  Autora de um roteiro cinematográfico denominado Up Your Ass, ela entrega a única cópia da peça ao artista pop Andy Warhol e
pede para que o produza. Intrigado pelo título, Warhol fica com o roteiro para revisá-lo e se recusa a devolver a Solanas. A negativa do
Warhol abala os alicerces do seu movimento feminista de maneira inesperada e Solanas decide então partir para uma solução radical.
Lançamento: 1996 (EUA) / Direção: Mary Harron / Atores: Lili Taylor, Jared Harris, Martha Plimpton, Lothaire Bluteau. / Duração:
103 min / Gênero: Drama

Dia 15 (terça-feira):

Senhoritas em Uniforme (Mädchen in Uniform)

Mädchen in Uniform conta a história de Manuela, uma jovem de 14 anos que é posta num internato feminino pela sua tia distante e fria.
As residentes em Podstam são tipicas adolescentes e sente um grande sentido de união entre todas e o regime que é empregue naquele
internato é rigoroso, austero e sobretudo ausente de emoções. A contrabalançar este ambiente autoritarista, encontramos Fraulein von
Bernbur, uma professora por quem todas as alunas nutrem uma admiração especial e que é a favor de uma relação mais maternal com as alunas.
Manuela não é indiferente à sua professora e muito menos o contrário, porém ambas encontram-se num ambiente hostil, onde o formalismo e o
dever moral deve falar mais alto e então os sentimentos são geridos com silêncios, olhares e pequenos gestos…
Diretor: Leontine Sagan / Elenco: Emilia Unda, Dorothea Wieck, Herta Thiele, Hedwig Schlichter / Duração: 90 min. / Ano: 1931 /
País: Alemanha / Gênero: Romance / Cor: Preto e Branco
(Atenção: datas do vídeo não correspondem às datas da Mostra)

Dia 16 (Quarta-feira):

Itty Bitty Titty Committee (Turminha das Sapinhas de Tetinhas Pequeninas)

O segundo filme da diretora Jamie Babbit aborda um tema bastante raro nos filmes lésbicos, o ativismo político, mostrando o despertar da
personagem Anna (Melonie Diaz) para a realidade a seu redor, a partir de sua experiência como integrante de uma grupo radical feminista, chamado
C.(I).A. ou Clits In Action. Os conflitos de relacionamento e as ações políticas do grupo são mostrados com muito humor e música punk como pano
de fundo.
Diretora: Jamie Babbit / Duração: 86 minutos / Ano: 2007 / Gênero: Comédia/Drama/Romance

Dia 17 (quinta-feira):

Os Amantes do Café Flore (Les Amants du Flore)

O filme é baseado na história real de Simone de Beauvoir, escritora francesa. Mostra sua vida sentimental e sexual, cheia de encontros
(principalmente do café Flore) e desencontros, com direito à paixões paralelas, por isso o título “os amantes”.

Diretor: Ilan Duran-Cohen / Ano: 2006 / Duração: 104 minutos


 

Direção:  Debora Diniz Etnografia:  Debora Diniz Roteiro Etnográfico:  Debora Diniz e Ramon Navarro Direção de Produção:  Fabiana Paranhos Produção em Campo:  David Chalub

Anúncios

10 Respostas

  1. Que da hora!

    Parabéns pela iniciativa!!!

  2. Fico feliz com essa proposta. Faço parte do grupo de pesquisa da Universidade do Estado da Bahia, vinculado ao CNPq, sobre Cinema e Audiovisual, com ênfase em Educação. Pesquiso também filmes roteirizados e dirigidos por mulheres.
    Estarei presente, com certeza!
    Já divulguei entre os meus alunos no blog:
    http://literaturaeeducacao-uneb.blogspot.com/

    Abraço a todas!
    Lúcia Leiro
    http://www.mulherecinema.blogspot.com

  3. Pessoal, o filme será exibido suas vezes no dia, às 17 e 19 respectivamente?

  4. Parabéns, vou prestigiar a ótima iniciativa!!

  5. Que iniciativa maravilhosa!!!

    Parabéns galera =D vou agendar meus horários e conferir as sessões.

    Abraços

  6. Oi, oi!
    Vocês têm o cartaz impresso, disponível para quem quiser divulgar? Ou posso custear a impressão…
    É que eu queria divulgar lá no trabalho (é um Centro de Referência da Assistência SOcial).

    Abraço!

    1. Oi! Mandei o arquivo pro seu e-mail! Infelizmente não temos material gráfico impresso.

  7. Terá algum debate depois das sessões?

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: